Praias de Cabo Frio

Quem disse que precisa ser muito caro para ser bom?
praias de cabo frio

Viajar é sempre muito bom! Melhor ainda é saber que você tem opção de se divertir muito nas Praias de Cabo Frio e não necessariamente pagar uma fortuna por isso. Nós da Pousada Central, além dos preços promocionais que praticamos, separamos para você dicas de atividades, atrações, passeios, lugares para conhecer aqui em Cabo Frio. Confira então o que fazer!

 

 

Vamos começar pelas Praias de Cabo Frio?

 

Praia do Forte: A principal praia de Cabo Frio também é conhecida como praia da Barra e tem 7,5 km de extensão. A praia do Forte é um dos cartões-postais da cidade e point de jovens e turistas.

 

Praia do Peró: Distante 7 km do centro de Cabo Frio, a praia do Peró tem 7 km de extensão e é separada da praia das Conchas por um pequeno canal. Suas águas são límpidas e a temperatura em torno dos 22º, própria para a prática do surf. A Praia das Conchas é frequentada pelos aficionados pela pesca de arremesso.

 

Praia do Sudoeste: Próxima ao Aeroporto de Cabo Frio, a praia do Sudoeste faz parte da Lagoa de Araruama. Própria para piqueniques, tem alta salinidade, o que requer muito cuidado na exposição ao sol. Totalmente fora do padrão das Praias de Cabo Frio, porém possui sua beleza única.

 

Praia das Dunas: Uma das praias de Cabo Frio mais apropriada para a prática do surf, pela força de suas ondas, é cercada por enormes dunas de areias brancas.

 

Praia do Foguete: Famosa por suas águas frias, é uma praia de águas profundas e bastante perigosa por suas correntezas. No entanto, entre as Praias de Cabo Frio, a praia do Foguete é boa opção para quem quer tranquilidade, pois não é muito frequentada como a praia do Forte.

 

Praia Brava: Cercada por escarpas de uns 20m de altura, e com 400m de extensão, a Praia Brava tem à sua frente a Ilha dos Papagaios, um local bastante selvagem. Com águas claras e muito agitadas, é umas das praias de cabo frio onde se pratica o nudismo. É também muito procurada por surfistas.

 

Ilha do Japonês: Entre as inúmeras ilhas de Cabo Frio, destacam-se a Ilha dos Anjos, onde se pesca o melhor camarão da região; a Ilha dos Pargos, rica em anchovas; Ilha Dois Irmãos, Ilhas dos Papagaios, Ilha do Japonês, famosa por proporcionar trilhas para caminhadas, e Ilha Comprida, apropriada para a prática do mergulho e pesca submarina.

 

Que tal um pouco de cultura, fé e meio ambiente?

 

Forte São Matheus: O Forte que dá nome à praia mais famosa de Cabo Frio foi construído no século XVII pelos portugueses, para defender a terra das invasões dos franceses, ingleses e holandeses. Desta época de conflitos, ainda restam os canhões utilizados nas batalhas, que mesmo após as restaurações que o forte sofreu, ainda continuam voltados para o mar, em eterna defesa da cidade. A casa onde os soldados viviam encontra-se nos recintos do forte e hoje serve de espaço para a exposição de artesanatos e quadros de artistas da região. Localizado no canto esquerdo da praia, o forte, lá de cima, proporciona uma visão completa de toda a extensão da praia até Arraial do Cabo. Do outro lado também é possível visualizar a parte pouco explorada da Ilha do Japonês e os pescadores trabalhando.

 

Reserva de Sambaquis: O trecho do final da Praia do Forte até a praia das Conchas guarda um interessante e ainda pouco conhecido pedaço da história dos indígenas brasileiros. É a reserva de sambaquis, sítios arqueológicos onde foram encontradas ossadas de índios que viveram na região, há séculos. A riqueza dos estudos arqueológicos desses artefatos é muito grande porque junto ao morto eram enterrados seus pertences, representando os costumes de toda uma sociedade. A área de Sambaquis pode ser visitada, mas ainda não há um roteiro instituído. Esse é, ainda, um projeto a ser desenvolvido.

 

Capela de N. S. da Guia: A capela de N. S. da Guia, localizada no alto do morro de mesmo nome, também é um patrimônio cercado de “histórias” e lendas. Foi construída em 1740 pelos frades franciscanos, atrás do convento de N. S. dos Anjos. Lá temos o ponto mais elevado da cidade e de lá tem-se uma belíssima visão panorâmica de Cabo Frio e dos municípios vizinhos. Com as reformas para a construção de um mirante, agora a área permite avistar também a Ponta do Arpoador e a praia do Peró.

 

Canal do Itajurú: O cenário bucólico no Canal do Itajurú lembra a calma e desconhecida Cabo Frio de antigamente. O pôr do sol é sem dúvida a melhor hora para admirar e acompanhar o clima romântico do local. O canal tem 6 Km de extensão, que liga a lagoa de Araruama ao oceano Atlântico, e tem seu ponto mais conhecido no centro da cidade, em frente ao bairro da Gamboa. Ali no calçadão, na beira do canal, é onde fica a famosa feira de artesanato da região, muito procurada pelos turistas no fim da tarde. Também é lá que as escunas ficam ancoradas para passeios por todo o Canal do Itajurú, incluindo roteiros em diversas praias.

 

Dormitório das Garças: Um encontro mais íntimo com a natureza e a consciência da preservação do seu ecossistema é mais ou menos o resumo do Dormitório das Garças. O berço das aves encontra-se do lado esquerdo, cerca de 800 metros após a Ponte Feliciano Sodré, saindo de Cabo Frio no sentido Búzios. A melhor hora para apreciar as garças é entre 17h e 45min até as 18h, quando elas saem de Búzios e vão até o mangue para dormir.

 

Dunas: A incrível formação de montanhas brancas temporárias foi o que a natureza resolveu dar de presente à cidade. Esses morros de areias brancas e finas têm o brilho revelado pelo sol e o formato moldado pelos ventos. São de origem marinha e algumas, próximas à Praia do Forte, são cobertas de restinga. Na estrada que vai para Arraial do Cabo é onde fica o conjunto mais bonito de “dunas brancas” e também onde se encontra a maior de todas, chamada de “Duna Mãe”. A sua imponência é ideal para apreciar o pôr do sol do alto dela. A visitação dessa duna no verão é das 9 às 20h. Um outro conjunto de dunas fica na praia do Peró. Elas costumam mudar de posição em função da força dos ventos.

 

Rua dos Biquínis: A famosa Rua dos Biquínis, com suas mais de 70 lojas, foi toda restaurada e ganhou ares de shopping a céu aberto, o Gamboa Shopping. Ela tem a maior rede de moda praia da América Latina, sendo até mesmo citada no Guiness Book. Tudo começou com uma senhora que resolveu confeccionar biquínis para vender aos turistas. Hoje a famosa rua é o ponto de comércio mais importante da cidade. Seus produtos são vendidos em todo o Brasil e exportados para diversos países.

As Praias de Cabo Frio realmente são paradisíacas, vale a pena mesmo conferir, acesse nossa página de Pacotes Especiais agora!

 

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz